FELIZ 2014

FELIZ 2014
Que os dias do Ano de 2014 sejam uma sequência de proveitosas realizações e repletos de paz e felicidades!

sábado, 22 de março de 2014

Copa Verde: Re x Pa decisivo movimenta o fim de semana.

No primeiro clássico da semifinal da Copa Verde, disputado entre Paysandu e Remo, quem se deu melhor foi o Papão. A equipe do técnico Mazola venceu o Leão Azul por 1 a 0 e saiu na frente na busca pela vaga na finalíssima da competição, que dá vaga para a Sul-Americana do ano que vem.

Remo precisa reverter a vantagem bicolor. Paysandu joga por um empate. Héverton fez  gol que deu vantagem aos bicolores no próximo jogo. Para o Remo, é preciso vencer por um placar de dois gols de diferença para reverter a vantagem do rival.

Arbitragem das Semifinais.
Remo/PA x Paysandu/PA
Fase: Semifinal / Grupo: M / Jogo: 26 / Rodada: Jogo da Volta
Data: 23 de março de 2014 (domingo), 19h30.
Local: estádio Olímpico do Pará (mangueirão), em Belém.
A: Pericles Barrols Pegado Cortez/RJ (FIFA).
A1: Alessandro A. Rocha de Matos/BA (FIFA)
A2: Cleriston Clay Barreto Rios/SE (FIFA)
4º-A: Dewson Fernando Freitas da Silva/PA (ASP FIFA).
Assessor: José Gilberto Guilhermino de Abreu/PA (ASS).
Delegado: Olivaldo da Silva Moraes/PA (ASS).

Outra semifinal;
Brasília/DF x Brasiliense/DF
Fase: Semifinais / Grupo: N / Jogo: 27 / Rodada: Ida
Data: 23 de março de 2014 (domingo), 17h.
Local: estádio Valmir Bezerra (Bezerrão), na cidade de Gama/DF.
A: Vanderlei Soares de Macedo/DF (CBF-2).
A1: Emerson Augusto de Carvalho/SP (FIFA).
A2: Marcelo Carvalho Van Gasse/SP (FIFA)
4º-A: Rafael Martins Diniz/DF (ASS).
Assessor: José Rene Costa Galdino/DF (ASS).
Delegado: Jamir Carlos Garcez/DF (ASS).

Finais serão nos dias 8 e 20 de abril.

Os jogos da outra semifinal, entre Brasília e Brasiliense, serão nos dias 23 e 26 deste mês. A primeira partida será no Estádio Valmir Bezerra, às 17 horas. O segundo será Estádio Elmo Serejo Farias, às 20 horas.

sexta-feira, 21 de março de 2014

Parazão 2014: Sinésio e Rochinha estão fora da delegação azulina.

No DM azulino: Lateral direito e Volante não foram relacionados para os jogos do São Francisco fora de Santarém.
Os jogadores Sinésio e Rochinha estão fora da delegação do São Francisco, que viajou na sexta-feira (21), para três jogos fora de casa. Sinésio que tinha sido liberado pelo departamento médico para o treino de terça-feira (18), voltou a sentir dores no joelho no coletivo desta quarta-feira(19) e foi vetado, ficará em recuperação, para os dois últimos jogos no returno contra Paragominas e Paysandu em Santarém.

Rochinha que nem ficou no banco de reservas no jogo contra o Gavião, sentiu dores na virilha e foi vetado para a viagem, com isso o time azulino viaja com 19 jogadores na delegação, para os jogos contra o Independente no sábado ás 17h, Remo na quarta-feira( 26) às 20h30 e contra o Cametá no domingo(30) às 17h.

O técnico Lúcio Santarém realizou o ultimo trabalho para o plantel na manhã desta quinta-feira no campo da Borges, a tarde folga, nesta sexta-feira pela manhã o time viaja para Belém.

Confira os jogadores relacionados  para a viagem:
1. Labilá
2. Kiko
3. Perema
4. Bruno Everton
5. Boquinha
6. Gerson
7. Marcelo Pitbul
8. Pedro Henrique
9. Nenê Apeú
10. Caçula
11. Ricardinho
12. Jatobá
13. Alef
14. Aldair
15. Felipe
16. Bruno Maranhão
17. Jeferson Monte Alegre
18. Elielton

19. Rodrigão

Galo e Leão santareno na disputa por uma vaga na semifinal

O Independente recebe o São Francisco de Santarém em jogo de seis pontos no estádio Navegantão, em Tucuruí, às 17 horas deste sábado (22), pela terceira rodada do segundo turno do Campeonato Paraense.

A duas equipes são concorrentes diretos a uma das quatro vagas para as semifinais do returno do estadual Paraense.

Sem problemas de ordem médica na equipe do Galo elétrico, Lecheva já está com o time pronto, com a confirmação de Fábio Gaúcho na lateral esquerda. O adversário Tapajônico também está definido pelo técnico Lúcio Santarém, que deixou a Pérola do Tapajós, como é conhecida a cidade de Santarém, às 3 horas da madrugada desta sexta-feira (21).

Depois de duas vitórias no estádio Colosso do Tapajós sobre o Santa Cruz de Cuiarana (2 a 0) e Gavião Kyikatejê (3 a 1), a expectativa é sobre a performance do Leão Azul atuando fora de seus domínios. Lúcio vai atuar no esquema 4-3-1-2. Alef saiu do time para a entrada de Kiko Bendelack na lateral direita. Bruno Maranhão perdeu a posição para Boquinha no meio-campo.

Ficha Técnica
Independente x São Francisco
Data: 22 de março de 2014 (sábado), 17h.
Local: estádio Navegantão, em Tucuruí.
A: Marco Antônio da Silva Mendonça
A1: Diórgenes Menezes Serrão
A2: Phellipp de Sousa Coimbra
4º-A: Marcelo Oliveira Soares
Assessor de arbitragem: Salccy Maria Tavares.

Independente: Alan; Léo Rosa, Cristovam, Ezequias e Fábio Gaúcho; Chicão, Diogo, Douglas e Cariri; Daniel Piauí e Wegno. Técnico: Ricardo Mendes (Lecheva).

São Francisco: Labilá; Bruno Bendelack, Perema, Bruno Éverton e Gérson Cipoal; Pedro Henrique, Boquinha, Marcelo Pitbull e Caçula; Nenê Apeú e Ricardinho. Técnico: Lúcio Santarém.


Por  Léo Sousa

Parazão 2014: Vitor Jaime não é mais treinador do Gavião

Treinador não aguentou a série de 10 jogos sem vitória do time indígena.
Vitor Jaime não é mais treinador do Gavião Kyikatejê na sequência do Campeonato Paraense 2014. Em reunião realizada nesta quinta-feira (20), com a diretoria do clube, o técnico entregou o cargo.

O Presidente do time indígena Zeca Gavião, confirmou a contratação do treinador Joaci Moura (Foto), que comandou o São Francisco no primeiro turno do Parazão. Moura chega nesta sexta-feira (21), em Marabá e vai direto para Bom Jesus do Tocantins se apresentar.

Joaci Moura está levando seu escudeiro, o preparado físico Fernando Lima.


O Gavião estreou na fase principal do Parazão e acumula 10 partidas sem vitória. Foram sete empates e três derrotas. Com os sete pontos e ocupando a vice-lanterna na classificação geral, o clube estaria rebaixado à Primeira Fase se o Estadual terminasse hoje.

Bellini é homenageado com Maracanã iluminado e lembrança da Fifa

Capitão e responsável por erguer a taça da Copa do Mundo de 1958, Hideraldo Luiz Bellini morreu, nesta quinta-feira, aos 83 anos, em São Paulo, onde estava internado em quadro...
Capitão e responsável por erguer a taça da Copa do Mundo de 1958, Hideraldo Luiz Bellini morreu, nesta quinta-feira, aos 83 anos, em São Paulo, onde estava internado em quadro crítico, agravado por uma parada cardíaca. Pouco tempo depois, as homenagens ao ex-jogador já começaram a surgir.

A Fifa, por meio do Twitter, disse que "o Brasil se despede de seu 1º capitão a erguer uma taça de Copa do Mundo: Bellini" e publicou uma foto do capitão da seleção brasileira no jogo da final contra a Suécia.

Ao longo da carreira, Bellini vestiu as camisas do Vasco da Gama, São Paulo e Atlético-PR. O time tricolor paulista foi o primeiro a homenagear o ex-jogador. "O São Paulo FC se solidariza com amigos e familiares, pesaroso pela perda de um grande ídolo", diz a nota publicada no site oficial do clube.


O Maracanã também vai homenagear Bellini: o estádio vai iluminar a cobertura com as cores verde e amarela. Já Dadá Maravilha, ex-jogador e ídolo do Atlético/MG, lembrou do antigo zagueiro. "O Céu está cada dia mais campeão. O querido Bellini foi levantar a Taça pra Deus. Descanse em paz. Você é eterno", publicou no Twitter.

Antes do Mundial, Brasileiro terá 16 partidas em arenas da Copa.

A questão dos organizadores da Copa do Mundo é possibilitar aos torcedores experiências inesquecíveis nos estádios. Para isso, porém, é preciso que os palcos dos jogos estejam aptos para o evento.

Com o objetivo de acertar os detalhes finais no planejamento de conforto e segurança dos estádios, 16 partidas estão marcadas para as arenas da Copa nas nove primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, antes do início do Mundial.

A tabela da primeira parte do Nacional foi divulgada pela CBF na última quarta-feira. No dia 19 de abril, primeira data do Brasileirão, o Maracanã recebe o duelo entre Fluminense e Figueirense, enquanto Internacional e Vitória pisam no gramado do Beira-Rio.

No dia seguinte (20 abril), é a vez de Bahia e Cruzeiro testarem as instalações de um estádio de Copa do Mundo, já que se enfrentam na Fonte Nova, - Flamengo e Goiás se enfrentam no Maracanã.

O estádio do Rio de Janeiro ainda recebe mais seis jogos antes do dia 1º de junho, quando o Brasileirão será interrompido para a disputa do Mundial.

O Beira-Rio, por sua vez, será usado três vezes pelo Internacional neste período, mesmo número de vezes que o Bahia joga em casa na Fonte Nova.

Além dos três estádios, a Arena Corinthians e o Mineirão completam a lista dos palcos da Copa que farão os últimos testes no Campeonato Brasileiro, sediando uma partida cada.

Confira a lista de partidas do Brasileirão que serão realizadas nos palcos da Copa:
1ª rodada
19/04, 18h30 - Fluminense x Figueirense no Maracanã (Rio de Janeiro)
119/04, 18h30 - Internacional x Vitória no Beira-Rio (Porto Alegre)
20/04, 16h - Bahia x Cruzeiro na Fonte Nova (Salvador)
20/04, 18h30 - Flamengo x Goiás no Maracanã (Rio de Janeiro)

2ª rodada
27/04, 16h - Botafogo x Internacional no Maracanã (Rio de Janeiro)
27/04, 16h - Corinthians x Flamengo na Arena Corinthians (São Paulo)

3ª rodada
03/05, 21h - Fluminense x Vitória no Maracanã (Rio de Janeiro)
04/05, 16h - Flamengo x Palmeiras no Maracanã (Rio de Janeiro)
04/05, 16h - Bahia x Botafogo na Fonte Nova (Salvador)
04/05, 16h - Internacional x Sport no Beira-Rio (Porto Alegre)

4ª rodada
10/05, 18h30 - Internacional x Atlético-PR no Beira-Rio (Porto Alegre)
10/05, 21h - Botafogo x Criciúma no Maracanã (Rio de Janeiro)
11/05, 16h - Fluminense x Flamengo no Maracanã (Rio de Janeiro)

11/05, 18h30 - Bahia x Vitória na Fonte. 

quinta-feira, 20 de março de 2014

Luto no futebol: Morre Bellini, o primeiro capitão campeão mundial do Brasil.

O futebol brasileiro está de luto. Morreu nesta quinta-feira, aos 83 anos, o zagueiro Bellini, capitão do primeiro título mundial, em 1958, na Suécia.  Ele sofria de Mal de Alzheimer desde  2011 e será enterrado nesta sexta-feira (21) na sua cidade natal, em Itapira, no interior de São Paulo.

Bellini foi ídolo do Vasco, onde atuou durante 11 anos e conquistou três títulos estaduais (1952, 1956 e 1958). Neste ano, foi também o zagueiro titular, capitão e líder da Seleção Brasileira que encantou o mundo com a conquista do primeiro título em 1958, na Suécia.

Do Vasco, transferiu-se para o São Paulo, clube em que substituiu Mauro, seu reserva em 1958 e o capitão do bicampeonato mundial em 1962 (também falecido) e encerrou sua carreira no Atlético Paranaense, em 1969.

Casado com Giselda, sua companheira de muitos anos de vida, Bellini foi um dos homenageados em uma das edições do Prêmio Craque Brasileirão.

O presidente José Maria Marin, em nome dos diretores e funcionários da CBF, manifesta o pesar pela morte do grande capitão do Brasil.

“O futebol brasileiro e seus torcedores estão de luto com a morte daquele que foi um grande capitão. Tive a oportunidade de conhecê-lo em sua passagem pelo São Paulo, em que mostrou ser, além de um excelente zagueiro, um cidadão e profissional exemplar”.


O presidente Marin decretou luto de três dias e orientou a Comissão de Arbitragem da CBF a determinar a observância de um minuto de silêncio nas competições promovidas pela entidade.

Campeonato Santareno Sub-17: Arbitragem da 8ª- rodada.

Confira os jogos da oitava rodada:
Data: 21 de março de 2014 (sexta-feira), 16h.
São Cristovão x Flamengo.
Local: Campo do Parque.
A: Raimundo Valdenilson dos Reis

Data: 22 de março de 2014 (sábado), 16h
Tapajós x São Francisco
Local: Campo do Palmeiras, em São José, no Planalto.
A: Marco Antonio Sousa Guimarães
A1: Nadilson Sousa dos Santos
A2: Francisco Oliveira

Data: 22 de março de 2014 (sábado), 16h30.
São Raimundo x Arsenal.
Local: Estádio Everaldo Martins (Panterão).
A: Jailson Junior Vasconcelos da Silva.

Data: 22 de março de 2014 (sábado), 16h30.
Sport Santarém x Santo André.
Local: Campo da ASSIBAMA.
A: Vanaldo Nascimentos Junior

Data: 22 de março de 2014 (sábado), 16h30.
Norte Clube x Aliança.
Local: Campo do Norte.

A: Odair Pereira

Parazão 2014: Gavião empata com o Mapará e muda treinador.

Treinador Vítor Jaime se despediu do comando técnico do Gavião Kyikatejê
Mesmo jogando em casa, o Gavião Kyikatejê não conseguiu vencer o Cametá. O jogo terminou empatado por 1 a 1, na noite desta quarta-feira (19/03), no estádio Zinho Oliveira, em Marabá.

A equipe indígena permanece na zona de rebaixamento, enquanto o Cametá segue no G4 do segundo turno do Campeonato Paraense, a Taça Estado do Pará.

Após a partida, o presidente Zeca Gavião conversou com o técnico Vítor Jaime e dispensou o treinador. Em seguida, a direção do clube anunciou a contratação do paraibano Joacir Moura, ex-técnico do São Francisco do Santarém, como novo treinador. O desafio de Joacir é tentar livrar o Gavião do rebaixamento em apenas quatro jogos.

Os gols da partida foram marcados pelo zagueiro Tonhão, que fez 1 a 0 para o Cametá, aos nove minutos do primeiro tempo. O atacante Peri empatou para o Gavião.

Próximos jogos
Na quarta rodada do segundo turno, o Gavião Kykatejé enfrentará o Independente na quarta-feira (26/03), no estádio Navegantão, em Tucuruí. O Cametá recebe o Paysandu também na quarta-feira, às 20h30, no estádio Parque do Bacurau, em Cametá.

Ficha Técnica
Gavião Kyikatejê 1 x 1 Cametá
Data: 19 de março de 2014 (quarta-feira), 20h.
Local: estádio Zinho de Oliveira, em Marabá.
A: Cláudio Lima
A1: Isaac da Cunha Araújo
A2: Rafael de Jesus Leal Costa
4º-A: Manoel Cardoso dos Santos
Assessor de arbitragem: Fernando José de Castro Rodrigues
Cartões amarelos:
Alexandre Recife, Júlio César e Paulinho 47 (Gavião);
Alencar Baú, Preto Barcarena, Robinho, Romeu, Jaílson e Jéfson (Cametá)
Renda: R$ 2.800,00
Público: 261 pagantes
Credenciadas: 300 pessoas
Público presente: 561 espectadores
Gols:
1 x 0, Cametá, Tonhão, 9’.
1 x 1, Gavião, Peri, 36”.

Gavião: Kyikatejê: Wirias; Alexandre Recife, Max Melo e Roberto (Tony Love); Gleissinho, Júlio César (Luiz Fernando), Paulinho 47, Balão Marabá (Bené) e Edinaldo; Aru e Peri. Técnico: Vítor Jaime.

Cametá: Alencar Baú; Américo, Preto Barcarena, Tonhão e Tetê; Alan Peterson, Frank, Romeu, Leandrinho (Jéfson) e Robinho (Frutuoso Júnior); e Jaílson (Analdo). Técnico: Adonaldo Viana


Léo Souza/Ponta de Gol.

Remo arranca empate contra o Santa Cruz no último minuto

Castanhalense Leandro Cearense marcou o gol de empate do Remo
O Santa Cruz de Cuiarana deixou escapar a primeira vitória no Campeonato Paraense e empatou com o Remo, por 3 a 3, na noite desta quarta-feira (19/03), no estádio Modelão, em Castanhal, pela terceira rodada do segundo turno do Campeonato Estadual, a Taça Estado do Pará.

O Remo abriu o placar e o Tigre virou para 3 a 1 e depois cedeu o empate no último minuto do jogo. Houve dois jogadores expulsos de campo, um de cada equipe.

O jogo
A equipe remista jogou bem modificada e mesmo assim se impôs em campo. Aos 24 minutos, os azulinos abriram o placar com Athos, que acertou uma pancada de pé direito no alto, após troca de passes com Leandro Cearense. O time fazia uma boa partida, mas André recebeu cartão vermelho, aos 45 minutos da etapa inicial, e comprometeu o setor defensivo remista.

Mesmo com a saída de André, o técnico Agnaldo de Jesus manteve a mesma formação azulina. O Tigre voltou mais agressivo para o segundo tempo e conseguiu o empate , semprebatendo no calcanhar de aquiles do Remo. O artilheiro Rafael Paty, cabeceou a bola na área e empatou o jogo aos seis minutos. O zagueiro Charles, também de cabeça, marcou o gol da virada do Tigre aos 25 minutos. Novamente Rafael Paty, de cabeça, fez 3 a 1 para o Santa Cruz, aos 28 minutos.

Aos 39 minutos, Thiago Souza entrou no lugar de Thiago Floriano, no time do Santa Cruz. Um minuto depois, ele foi expulso de campo, após entrada violenta em Ratinho, do Remo. Com a igualdade numérica em campo, o Remo precisou de menos de cinco minutos para empatar o jogo. Aos 42 minutos, o lateral-direito Levy marcou o segundo do Remo, e o atacante Leandro Cearense na raça fez o gol de empate, aos 45 minutos.

Próximos jogos
O Santa Cruz vai encarar o Paragominas na próxima quarta-feira (26/03), às 20h30, na Arena Verde, em Paragominas. O Remo recebe o São Francisco de Santarém na quarta-feira (26/03), às 20h30, no estádio Mangueirão, em Belém.

Ficha Técnica
Santa Cruz 3 x 3 Remo
Data: 19 de março de 2014 (quarta-feira), 20h30.
Local: estádio Maximino Porpino Filho (Modelão/Mimão), em Castanhal.
A: Andrey da Silva e Silva
A1: Lúcio Ipojucan Ribeiro da Silva Mattos
A2: Dimmy Yuri das Chagas Cardoso
4º-A: Joquetam Moreira Guimarães
Assessor de arbitragem: Olivaldo da Silva Moraes
Cartões amarelos:
Charles, Caymmi, William Baiano e Wescley (Santa Cruz);
André e Carlinho Rech (Remo)
Cartões vermelhos:
André (Remo), 43’ 1º tempo;
Thiago Souza (Santa Cruz), 40’ 2º tempo
Renda: R$ 14.145,00
Público: 1.427 pagantes
Credenciadas: 700 pessoas
Público presente: 2.127 espectadores
Gols:
1 x 0, Remo, Athos, 24’.
1 x 1, Santa Cruz, Rafael Paty (cabeça), 6”.
2 x 1, Santa Cruz, Charles, 25”.
3 x 1, Santa Cruz, Rafael Paty (cabeça), 28”.
3 x 2, Remo, Levy, 42”.
3 x 3, Remo, Leandro Cearense, 45”.

Santa Cruz: Ângelo; Caymmi (Wescley), Romário, Charles e Bruno; Mael, Júnior Maranhão, Fabrício e William Baiano (Thiago Souza); Rafael Paty e Thiago Floriano (Róger). Técnico: João Carlos Amaral (Cacaio).

Remo: Fabiano; Levy, Rogélio, Henrique e Rodrigo Fernandes; André, Carlinho Rech, Jhonnatan (Tedy) e Athos (Ratinho); Val Barreto (Guilherme) e Leandro Cearense. Técnico: Agnaldo de Jesus.


Léo Souza/Ponta de Gol.

Parazão 2014: Paysandu derrota Paragominas e se mantém na liderança do G4.

Com a vitória na terceira rodada do returno, o Papão volta à liderança do returno.
O time mesclado do Paysandu fez o dever de casa sobre o Paragominas derrotou o Jacaré do Norte, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (19), no estádio da Curuzu, com o gramado bastante encharcado.

Com a vitória na terceira rodada do returno, os bicolores voltaram à liderança do segundo turno do Campeonato Paraense, a Taça Estado do Pará, com sete pontos.

O jogo
Ao tentar reverter o panorama desfavorável na Taça Estado do Pará, o Paragominas chegou a pressionar por alguns minutos o Paysandu dentro da Curuzu, criando algumas situações de perigo, que foram contornadas pela zaga bicolor.

O Paysandu abriu o placar no final do primeiro tempo. O meio-campista Marcos Paraná foi derrotado por Renan Leça dentro da grande área: pênalti. O atacante Dênnis converteu, aos 45 minutos da etapa inicial. O gol deu tranquilidade aos bicolores.

Com a desvantagem no marcador, o PFC voltou mais ofensivo no segundo tempo e tentou empatar o jogo e complicar para o Paysandu. Aos 25 minutos, Marcos Paraná discordou de uma marcação do árbitro Wasley do Couto e do cartão amarelo recebido. Como o descontentamento foi acompanhado de palavras nada engrandecedoras e gestos acintosos, o avançado do Papão recebeu cartão vermelho do árbitro.

Mesmo com um jogador a menos, um minuto depois da expulsão de Marcos Paraná, o Paysandu chegou ao segundo gol. O volante Billy fez o passe para Jô, que disparou um petardo e aumentou a vantagem bicolor para 2 a 0, liquidandou a fatura.

Próximos jogos
O Paysandu enfrenta o Cametá na próxima quarta-feira (26/03), às 20h30, no estádio Parque do Bacurau, em Cametá. O Paragominas recebe o Santa Cruz de Cuiarana também na mesma data e mesmo horário, só que na Arena Verde, em Paragominas.

Ficha Técnica
Paysandu 2 x 0 Paragominas
Data: 19 de março de 2014 (quarta-feira), 20h30.
Local: estádio Leônidas Sodré de Castro (Curuzu), em Belém.
A: Wasley do Couto
A1: Luís Diego Nascimento Lopes
A2: Rafael Bastos Cardoso
4º-A: Djonaltan Costa Araújo
Assessor de arbitragem: José Gilberto Guilhermino de Abreu
Cartões amarelos:
Vânderson, Zé Antônio, Marcos Paraná e Leandro Carvalho (Paysandu);
Renan Leça, Aleílson e Hállyson (Paragominas)
Cartão vermelho:
Marcos Paraná (Paysandu), 25’ 2º tempo
Renda: R$ 36.808,00
Público: 3.336 pagantes
Credenciadas: pessoas
Público presente: espectadores
Gols:
1 x 0, Paysandu, Dênnis (pênalti), 45’.
2 x 0, Paysandu, Jô, 26”.

Paysandu: Paulo Rafael; Márcio (Jô), Vânderson, Marquinhos e Pablo; Vânderson, Zé Antônio (Murilo), Bruninho e Marcos Paraná; Dênnis (Araújo) e Leandro Carvalho. Técnico: Mazola Júnior.

Paragominas: André Luiz; Magno, George, Renan Leça e Mauryan (Hállyson); Sandro, Paulo de Tárcio, Diego Carioca e Lourinho (Buiú); Lucas Sheldon (Rafael Tanque) e Aleílson. Técnico: Flávio Goiano.


Léo Souza/Ponta de Gol.

quarta-feira, 19 de março de 2014

Copa Verde: confirmada arbitragem de Remo e Paysandu.


Re-Pá acontece domingo (23), no Mangueirão, em Belém.Papão joga pelo empate pois venceu o primeiro encontro por 1 a 0. O vencedor deste grupo enfrentará Brasiliense ou Brasilía, ambos do Distrito Federal. A primeira partida será no Estádio Valmir Bezerra, às 17 horas. O segundo será Estádio Elmo Serejo Farias, às 20 horas.


Confira a Escala
Remo/PA x Paysandu/PA
Fase: Semifinal / Grupo: M / Jogo: 26 / Rodada: Jogo da Volta
Data: 23 de março de 2014 (domingo), 19h30.
Local: estádio Olímpico do Pará (mangueirão), em Belém.
A: Pericles Barrols Pegado Cortez/RJ (FIFA).
A1: Alessandro A. Rocha de Matos/BA (FIFA)
A2: Cleriston Clay Barreto Rios/SE (FIFA)
4º-A: Dewson Fernando Freitas da Silva/PA (ASP FIFA).
Assessor: José Gilberto Guilhermino de Abreu/PA (ASS).
Delegado: Olivaldo da Silva Moraes/PA (ASS).

Outra semifinal;
Confira a Escala
Brasília/DF x Brasiliense/DF
Fase: Semifinais / Grupo: N / Jogo: 27 / Rodada: Ida
Data: 23 de março de 2014 (domingo), 17h.
Local: estádio Valmir Bezerra (Bezerrão), na cidade de Gama/DF.
A: Vanderlei Soares de Macedo/DF (CBF-2).
A1: Emerson Augusto de Carvalho/SP (FIFA).
A2: Marcelo Carvalho Van Gasse/SP (FIFA)
4º-A: Rafael Martins Diniz/DF (ASS).
Assessor: José Rene Costa Galdino/DF (ASS).

Delegado: Jamir Carlos Garcez/DF (ASS).

Parazão 2014: Paysandu e Paragominas jogam às 20h30 desta quarta (19), na Curuzu.

O Papão foco a Copa Verde, então Mazola Júnior mandará apenas um titular a campo contra o Jacaré. Jacaré do Norte precisa vencer pra continuar na luta de classificação
Paysandu e Paragominas se enfrentam na Curuzú: Papão vai de time B, focando decisão da Copa Verde, PFC precisa vencer pra continuar com chances de classificação. A partida começa às 20h30, na Curuzu, em Belém.

Enquanto isso, o PFC precisa vencer o quanto antes para ainda ter chances de classificação para as semifinais do turno e sonhar com uma vaga na Série D do Brasileiro.

Ficha Técnica
Paysandu x Paragominas
Data: 19 de março de 2014 (quarta-feira), 20h30.
Local: estádio da Curuzu, em Belém.
A: Wasley do Couto
A1: Luís Diego Nascimento Lopes
A2: Rafael Bastos Cardoso
4º-A: Djonaltan Costa Araújo
Assessor de arbitragem: José Gilberto Guilhermino de Abreu

Paysandu: Paulo Rafael; Márcio, Pablo, Vanderson e Bruninho (Rodrigo Moraes); Zé Antônio, Billy, Marcos Paraná e Lineker; Leandro Carvalho (Jô) e Dennis. Técnico: Mazola Júnior.


Paragominas: André Luis; Magno, Renan, George e Maurian; Diego Carioca, Sandro, Paulo de Társio e Lourinho; Aleílson e Lucas. Técnico: Flávio Goiano.

Parazão 2014: Santa Cruz e Remo se enfrentam nesta quarta (19), em Castanhal.

No estádio Modelão, em Castanhal, Tigre do Salgado estreia técnico contra o Leão que precisa vencer para espantar crise.
As posições de Santa Cruz e Remo são opostas na tabela de classificação, mas as situações atuais são bem parecidas, e isso que deixa o encontro desta quarta-feira, em Castanhal.

De um lado, o Tigre precisa da vitória para sonhar em ficar na elite do futebol paraense em 2015, enquanto o Leão tenta acabar com o jejum de seis jogos sem vencer e ganhar tranquilidade para a disputa da semifinal da Copa Verde, que acontece domingo, contra o Paysandu.

Ficha Técnica
Santa Cruz x Remo
Data: 19 de março de 2014 (quarta-feira), 20h30.
Local: estádio Maximino Porpino Filho (Modelão), em Castanhal.
A: Andrey da Silva e Silva
A1: Lúcio Ipojucan Ribeiro da Silva Mattos
A2: Dimmy Yuri das Chagas Cardoso
4º-A: Joquetam Moreira Guimarães
Assessor de arbitragem: Olivaldo da Silva Moraes

Santa Cruz: Ângelo; Caymmi, Romário, Charles e Bruno (Carlinho Marahu); Mael, Bruno Maranhão, Wescley e Alex Gaibu; Rafael Paty e Thiago Floriano. Técnico: Cacaio.


Remo: Fabiano; Levy, Carlinho Rech, Rogélio e Rodrigo Fernandes, André, Jhonnatan, Athos e Ratinho; Leandro Cearense e Val Barreto. Técnico: Agnaldo de Jesus.

Parazão 2014: Gavião e Cametá nesta quarta (19), em Marabá.

Gavião Kyikatejê corre atrás da primeira vitória no Campeonato Paraense, contra o Cametá em Marabá.
A terceira rodada do 2º- turno do Campeonato Paraense terá três jogos nesta quarta-feira (19). No Zinho Oliveira, o Gavião corre atrás de três pontos esta noite. O time Indígena quer conquistar a primeira vitória no Campeonato Paraense, que pode ser o pontapé inicial para o time fugir do rebaixamento, o Cametá tem pretensões mais ousadas.

O Mapará mira, a exemplo do primeiro turno, a classificação para a próxima fase da competição estadual.

Ficha Técnica
Gavião Kyikatejê x Cametá
Data: 19 de março de 2014 (quarta-feira), 20h.
Local: estádio Zinho de Oliveira, em Marabá.
A: Cláudio Lima
A1: Isaac da Cunha Araújo
A2: Rafael de Jesus Leal Costa
4º-A: Manoel Cardoso dos Santos
Assessor de arbitragem: Fernando José de Castro Rodrigues

Gavião: Douglas; Roberto, Max Melo e Alexandre Recife; Gleissinho, Edinaldo, Júlio Cesar, Paulinho 47 (Diego Maciel) e Balão Marabá; (Peri ou Toni Love) e Aru. Técnico: Vitor Jaime.


Cametá: Alencar Baú; Américo, Tonhão e Alan Peterson; Preto Barcarena, Tetê, Franklin, Romeu, Leandrinho e Robinho; e Jailson. Técnico: Adonaldo Viana.